Notícias, horários e resultados do IEM Rio Major 2022 em nosso hub exclusivo
Clique aqui

Cloud9 oficializa saída do Counter-Strike

Colosso europeu não correspondeu às expectativas da organização, a qual vem sofrendo financeiramente com a pandemia

por Lucas Benvegnú / 26 de Mar de 2021 - 13:31 / Capa: Reprodução/1pv.fr

A Cloud9 irá abandonar - ao menos temporariamente - o Counter-Strike. Após rumor publicado no início da tarde desta sexta-feira (26) pelo jornalista francês Guillaume "neL" Rathier, do portal 1pv.fr, Ryan "Ryan" Friend, do RushBMedia, confirmou tal informação por meio do CEO da organização norte-americana, Jack Etienne.

*Atualização - 14h50: a Cloud9 confirmou por meio de suas redes sociais sua saída da modalidade, ressaltando seu compromisso de um dia retornar ao Counter-Strike, onde foi campeã de Major em 2018.

A notícia cai como uma bomba para a equipe, a qual investiu milhões na formação de seu esquadrão recheado de estrelas europeias, tais como Alex "ALEX" McMeekin, que foi adquirido por cerca de $250 mil em negociação com a Vitality, Patrick "es3tag" Hansen, tirado por $500 mil da gigante Astralis, e Özgür "woxic" Eker, vendido por quase $300 mil pela mousesports.

A empreitada, no entanto, passou longe de oferecer a resposta esperada. Sem conseguir impressionar em seus compromissos iniciais, o esquadrão viu o treinador Aleksandar "kassad" Trifunović abandonar o barco, antes de optar por substituir woxic com o ex-Chaos  Erick "Xeppaa" Bach.

O fracasso de um Colosso | Foto: Arte/DRAFT5O fracasso de um Colosso | Foto: Arte/DRAFT5

Alguns dos atletas, por sinal, já decidiram que não continuarão no Counter-Strike, visto que rumarão ao VALORANT, muito possivelmente sob o banner da própria Cloud9. Apesar de todos os pesares, o CEO da organização, Jack Etienne, afirmou que a mesma voltará ao CS:GO assim que a pandemia de coronavírus se findar.

Continua depois do anúncio

De acordo com o mandatário, a organização sofreu um baque financeiro por tal infortúnio se prolongar muito mais do que o esperado. Além disso, as restrições de viagem impostas pelo coronavírus prejudicaram os planos da line-up, a qual residiria em Los Angeles.

Enquanto o australiano Chris "Elmapuddy" Tebbit, então treinador da formação, foi dispensado pela organização, Joshua "M1cks" Micks, auxiliar técnico, continua atrelado contratualmente à mesma. Os demais membros foram colocados no banco da Cloud9, sendo eles:

 Alex "⁠ALEX⁠" McMeekin
 William "⁠mezii⁠" Merriman
 Ricky "⁠floppy⁠" Kemery
 Patrick "⁠es3tag⁠" Hansen
 Erick "Xeppaa" Bach

Saiba Mais Sobre

Notícias Mais Populares

Nenhuma notícia encontrada