DRAFT5

s1mple celebra seis anos de Natus Vincere

À época com apenas 18 anos, jogador chegou ao clube para substituir Zeus

por Lucas Benvegnú / 04 de Ago de 2022 - 21:00 / Capa: HLTV.org

Oleksandr "s1mple" Kostyliev celebrou nesta quinta-feira (4) seis anos desde que se juntou à Natus Vincere. Foi neste mesmo dia 4 de agosto, mas no longínquo ano de 2016, que o então jovem prodígio chegou àquele que é inquestionavelmente o maior clube de seu país.

Na ocasião, então com míseros 18 anos, o atleta encerrou uma passagem pela Team Liquid, com quem foi vice-campeão do Major de Cologne, ainda naquele ano, para se juntar a uma das mais lendárias equipes da modalidade.

Substituindo Danylo "Zeus" Teslenko na Natus Vincere, s1mple não demorou para conquistar seu primeiro título junto ao clube: a ESL One New York 2016, vencida pela mescla de nacionalidades CIS no início de outubro daquele ano.

Entre os altos e baixos da equipe, s1mple foi crucial para que esta jamais deixasse os maiores palcos do Counter-Strike mundial, tornando-se a principal cara da NAVI na modalidade e sempre encantando o público com atuações imparáveis.

s1mple ostenta medalha de MVP junto ao troféu do PGL Major Stockholm 2021, seu maior título junto à NAVI | Foto: HLTV.orgs1mple ostenta medalha de MVP junto ao troféu do PGL Major Stockholm 2021, seu maior título junto à NAVI | Foto: HLTV.org

Eleito o melhor jogador do planeta nos anos de 2018 e 2021, o ucraniano já ajudou a pôr títulos como a StarSeries S7, ESL One Cologne 2018, IEM Katowice 2020, IEM Cologne 2021, ESL Pro League S14, Intel Grand Slam S3 e BLAST Premier World Final 2021 na estante de troféus da organização.

Foi em novembro do último ano, aliás, que s1mple ajudou o clube a pôr fim à incessante busca pelo título mais cobiçado da modalidade, ascendendo ao lugar mais alto do pódio do PGL Major Stockholm 2021 e tomando para si a honraria de melhor jogador da competição.

Continua depois do anúncio

Nestes seis anos de casa, s1mple registra incríveis 1.30 de rating, 1.36 de taxa de impacto, 86.3 de ADR, 74.5% de KAST, 0.86 de KPR e 0.61 de DPR ao longo de exatos 1100 mapas disputados com a camisa do clube.

Nem mesmo a guerra, por sinal, abala esta bela história de lealdade. Não por acaso, é quase impossível imaginar a Natus Vincere sem s1mple, e vice-versa.