Notícias, horários e resultados do IEM Rio Major 2022 em nosso hub exclusivo
Clique aqui

Há um ano, NAVI desbancava G2 e faturava a primeira grande LAN pós-pandemia

Primeira disputa presencial de alto nível em mais de 500 dias teve alguns resultados surpreendentes

por Lucas Benvegnú / 18 de Jul de 2022 - 20:45 / Capa: Stephanie Lieske/ESL

Neste mesmo 18 de julho, mas em 2021, a Natus Vincere dava início à curta era que estabeleceria no mais alto nível do Counter-Strike mundial, desbancando a G2 para ascender ao lugar mais alto do pódio da IEM Cologne 2021.

A competição, aliás, marcou o retorno do CS:GO de alto nível aos grandes campeonatos presenciais após um hiato que durou mais de 500 dias, período no qual toda a ação se resumiu ao monótono ambiente online.

As vinte e quatro equipes participantes da disputa, por sinal, aterrissaram em solo alemão com objetivos diferentes. Enquanto a Gambit, então #1 do ranking mundial, Heroic e BIG tinham a missão de provar que não eram exatamente onliners, outras equipes calejadas precisavam mostrar que o retorno à LAN era tudo que precisavam para voltarem a performar.

Entre alguns resultados que somente uma disputa presencial poderia proporcionar - tais como as improváveis idas de FaZe Clan e Astralis às semifinais do torneio - Natus Vincere e G2 fizeram valer da experiência para chegarem à finalíssima.

Natus Vincere celebra o título da IEM Cologne 2021 | Foto: Stephanie Lieske/ESLNatus Vincere celebra o título da IEM Cologne 2021 | Foto: Stephanie Lieske/ESL

Na decisão, apesar da grande expectativa do público, não houve discussão. Com Oleksandr "s1mple" Kostyliev imparável, a G2 até daria algum trabalho, mas cairia por terra ainda nos três primeiros mapas da MD5.

Na Dust2, a Natus Vincere conquistou a mínima vantagem do 8 a 7 do lado terrorista e pavimentou o caminho para uma sólida metade CT que impulsionou-a rumo ao 16 a 11 no marcador.

Já na Mirage, equilíbrio ao extremo. Ao final do primeiro half, a G2 novamente veria-se na magra desvantagem do 8 a 7, placar que se repetiu em favor dos ucranianos e concedeu o sofrido 16 a 14 às tropas de Kirill "Boombl4" Mikhaylov.

Tudo então se resumiu à Nuke, então melhor mapa do esquadrão dos astros s1mple e Denis "electroNic" Sharipov, que pontuou por sete vezes enquanto atacando e logo assegurou o 16 a 13 no marcador para soltar o grito de campeão.

Continua depois do anúncio

O elenco campeão da IEM Cologne 2021 era composto por:

Aleksandr "s1mple" Kostyliev
 Denis "electroNic" Sharipov
Kirill "Boombl4" Mikhaylov
Ilya "Perfecto" Zalutskiy
Valerii "b1t" Vakhovskyi

Andrey "B1ad3" Gorodenskiy (Coach)

Curiosamente, no último domingo (17), na véspera do aniversário de um ano da disputa, a Natus Vincere, dessa vez munida pela adição de Viktor "sdy" Orudzhev na vaga de Boombl4, acabaria por ficar com o vice-campeonato na edição de 2022 da IEM Cologne.

Saiba Mais Sobre

Notícias Mais Populares

Nenhuma notícia encontrada