DRAFT5

Há três anos, ENCE quebrava sequência histórica da Astralis na Nuke para conquistar a BLAST Pro Series Madrid 2019

Esquadrão finlandês pôs fim à segunda maior sequência invicta em um mapa na história do CS:GO

por Lucas Benvegnú / 11 de Mai de 2022 - 22:30 / Capa: HLTV.org

Neste mesmo dia 11 de maio, mas no longínquo ano de 2019, a ENCE fazia o que parecia impossível: desbancar uma hegemônica Astralis em uma grande final de campeonato. O feito, aliás, foi sacramentado da forma mais épica possível.

Sem mais ser o azarão de outros tempos, o elenco finlandês chegou à BLAST Pro Series: Madrid 2019 como um dos principais postulantes ao título. O problema? A presença da Astralis, algoz de Aleksi "Aleksib" Virolainen e suas tropas algumas semanas antes na decisão do IEM Katowice Major 2019.

As duas equipes confirmaram seu favoritismo e encerraram a fase inicial do certame com 4V-1D, avançando assim à decisão. É interessante notar que a ENCE desbancou a Astralis em MD1 na etapa inaugural, sofrendo sua única derrota diante da Ninjas in Pyjamas de Patrik "f0rest" Lindberg.

Na decisão, entretanto, a história tinha tudo para ser diferente, especialmente quando levado em conta que a Nuke, primeiro mapa da finalíssima, era palco para uma sequência invicta de sonoros 31 partidas em LAN para Lukas "gla1ve" Rossander e suas tropas.

Aleksib era o capitão da ENCE naquele incrível feito em solo espanhol | Foto: HLTV.orgAleksib era o capitão da ENCE naquele incrível feito em solo espanhol | Foto: HLTV.org

Aleksib e seus homens não se intimidaram com aquela que permanece sendo até hoje a segundo maior série invicta em um único mapa da história do Counter-Strike: com um excelente lado defensivo de 11 a 4, a ENCE não fez cerimônia para pôr fim à sequência, assinalando a vitória por 16 a 9.

Tudo então se resumiu à Train, mapa de confiança do esquadrão finlandês. A Astralis até largou na vantagem mínima do 8 a 7 enquanto defendendo-se, mas mostrou pouco repertório do lado terrorista e sucumbiu por 16 a 13.

Continua depois do anúncio

Davi então derrubava Golias e o impossível se tornava realidade frente ao ensandecido público espanhol que se fazia presente naquela Madrid Arena. Esta, por sinal, segue sendo lembrada como uma das poucas manchas na dinastia construída pela Astralis naquele ano de 2019, onde venceu dois Majors.

Àquela altura, a ENCE era representada por:

Aleksi "Aleksib" Virolainen
Aleksi "allu" Jalli
Sami "xseveN" Laasanen
Jani "Aerial" Jussila
Jere "sergej" Salo

Slaava "Twista" Räsänen (Coach)