DRAFT5

Short, do Cruzeiro, acusa Bears de supostamente usar account sharing em partida da RedZone Pro League; Organização responde

Em contato com a reportagem, a Bears respondeu todas as acusações

por Pietro Santiago / 23 de ago de 2021 - 20:45 / Capa: Arte/DRAFT5

O cenário competitivo brasileiro de CS:GO viu uma nova polêmica acontecer no último domingo (22) com a Bears sendo acusada pelo jogador Paulo "short" Ballardini, do Cruzeiro, de account sharing — ato de compartilhar a conta com alguma outra pessoa/jogador — em partida válida pelos playoffs da RedZone Pro League Season 4, realizada no último sábado (21).

Short, que não conseguiu jogar a partida por problemas de saúde, publicou uma longa thread no Twitter falando sobre o caso. De acordo com o jogador, a situação se mostrou estranha após SKYZAOOO, um dos sócios da organização e que estava atuando como complete, eliminou quase 40 jogadores no primeiro mapa da série MD3, além de jogar com a AWP ao invés de Matheus "mawth" Gonçalves.

O jogador do clube celeste alegou que não era choro e explicou os motivos:

1 - Você vai jogar diferente se sabe que do outro lado tem um dono de organização com 50h em duas duas semanas ou o s1mple;
2 - Tive relatos de pessoas que apostaram um valor grande nesse game depois que viram as line-ups;
3 - Os caras poderiam ter colocado qualquer player no time e supostamente resolveram usar de acc sharing, que é contra as regras de toda plataforma e campeonato;
4 - Nós também estávamos com complete e nenhum momento perguntaram se poderíamos, talvez, remarcar o jogo para outra data.

Foto: Reprodução/Twitter/ShortFoto: Reprodução/Twitter/Short

Segundo Short, a situação ficou ainda mais estranha no terceiro mapa (Dust II), quando o ping, crosshair e mira mudaram em relação aos primeiros mapas do confronto, salientando mais uma vez a qualidade da AWP e que nos primeiros dois mapas SKYZAOOO utilizou a p2000, enquanto na Inferno jogou de USP.

Por fim, Short ressaltou a diferença de ping no decorrer das partidas. O jogador mostrou que o ping permaneceu na casa dos 30/34 nos dois primeiros mapas, mas foi para nove e com muita oscilação para 80/90 durante a Dust II.

Foto: Reprodução/Twitter/ShortFoto: Reprodução/Twitter/Short

RESPOSTA DA BEARS

A reportagem entrou em contato com a Bears para entender o lado da organização. SKYZAOOO fez questão de desmentir todas as acusações, ressaltando o longo tempo dedicado ao Counter-Strike.

"Eu completei o time contra o Cruzeiro e acertei muita bala, algo simples. Eu jogo CS há 18 anos, tenho mais de 7 mil horas de jogo. Talvez isso tenha surpreendido algumas pessoas. Mesmo sendo um dos sócios da organização, eu me mantenho treinando e jogando todos os dias, pois gosto de mandar bem, seja em lobbys ou o que for. Então, isso incomodou muita gente, pois esperavam um jogador sem treino jogando. Aí começaram a falar muita coisa, procurar situações para dizer que eu não era eu."

  • Motivo para jogar de AWP no lugar de Mawth

"O Mawth não é AWP do time há muito tempo, Mawth vem fazendo outra função dentro da equipe e está muito bem, então não mexemos nisso. Além disso, o meu forte é a AWP! Simples assim, e unimos o útil ao agradável e fizemos assim!

Continua depois do anúncio
  • Mudança do Ping no terceiro mapa

"Eu estou no litoral. No primeiro map, principalmente, era 14h de um sábado, com muitas pessoas na praia. Conforme o dia foi passando, pessoas começaram a chegar no litoral e quem vem muito para o litoral sabe do que eu estou falando, a internet muda, começa a oscilar e a tendência é só piorar. Foi exatamente o que aconteceu.

1° mapa — internet razoável;

2° mapa — começaram algumas oscilações leves, porém jogável;

3° mapa — Eu tive loss, meu ping oscilava de 14 a 200 em menos de 5 segundos."

  • Mau desempenho na Dust II

"No terceiro mapa, como eu citei acima, eu tive muito loss. Ficava em 20% e loss é uma verdadeira m****. Não tem condição nenhuma de jogar, mas importante ressaltar que ninguém foi bem. Inclusive, todos ficaram negativos, e eu fui o segundo que mais matou nesse game, o que prova que o jogo foi foda. Mérito total do Cruzeiro que teve uma atuação muito boa. 

Em resumo, isso é apenas especulação!

Eu completei porque não tínhamos ninguém para completar o campeonato. Joguei muito bem, graças a Deus, mas sem falsidade, não é novidade nenhuma, afinal de contas eu treino todos os dias e mantenho um bom nível de jogo."

A reportagem tentou entrar em contato com a Colliseum, organizadora da RedZone Pro League, mas não obteve resposta até o momento da postagem da matéria.