DRAFT5

Por onde anda: Fatih "gob b" Dayik

O alemão se aposentou do CS em 2019 para assumir um cargo de gerência na BIG, mas a carreira de aposentado não permaneceu por muito tempo

por Pietro Santiago / 04 de Ago de 2022 - 11:00 / Capa: Arte/DRAFT5

Um dos principais jogadores alemães da história do Counter-Strike, Fatih "gob b" Dayik se aposentou da modalidade em agosto de 2019 para assumir um cargo de gerência na BIG, organização em que o jogador encerrou a carreira. Cerca de um ano depois, gob b voltou a jogar competitivamente, mas pelo VALORANT.

Assim como Raphael "Cogu" Camargo e Lincoln "fnx" Lau possui o status de lendas para os mais antigos torcedores brasileiros, gob b deixou uma marca nos corações alemães, principalmente pela caminhada traçada ao longo do CS 1.6.

Para muitos, gob b divide a primeira posição de principal jogador da Alemanha com Antonio "cyx" Daniloski. Os dois atuaram juntos pela icônica mousesports do CS 1.6, mas a parceria entre eles acabou por conta de um trágico acidente de carro envolvendo cyx, que não resistiu e faleceu aos 20 anos de idade.

REINADO NO CS 1.6

Com dupla nacionalidade — turca e alemã —, gob b jogou profissional durante 13 anos no FPS da Valve. A carreira começou em 2006 passando por times menores do Counter-Strike 1.6, como a GEELIFE e 360eSports, até chegar na mousesports em julho de 2007, onde permaneceria por cinco anos.

Após seis meses de adaptação e poucos campeonatos, gob b consagrou-se campeão junto com a mousesports em 2008. A primeira grande conquista foi na Intel Extreme Masters (IEM) II, realizado em março daquele ano, com os alemães batendo os sul-coreanos da E-STRO por 2 a 0. O segundo semestre seria ainda melhor, mas começou com uma dura derrota para um icônico time brasileiro.

A GameGune 2008 — importante torneio anual da modalidade —, realizado em Bilbao, na Espanha, contou com a decisão entre MIBR e mousesports. O esquadrão brasileiro, que tinha no elenco Thiago "btt" Monteiro Wellington "ton" Caruso e Alexandre "Gaules" Borba de treinador, venceu os alemães por 2 a 1 e levantaram o troféu daquela edição.

Gob b (na esquerda) com o time do MIBR na Gamegune 2008 | Foto: Reprodução/HLTVGob b (na esquerda) com o time do MIBR na Gamegune 2008 | Foto: Reprodução/HLTV

A derrota não abalou o time de gob b, que somou mais três conquistas naquele ano: EPS Germany Season XII, IEM III Global Challenge Dubai e ESL Pro Series Germany: Season 13. O ano de 2009 chegou e a mousesports se manteve como uma das principais organizações da modalidade.

O ano mais uma vez foi de bastante conquistas para o esquadrão alemão, mas com destaque para a sonhada GameGune 2009. Os alemães bateram a Wicked eSports, que contava com a futura lenda Wiktor "TaZ" Wojtas, na grande final. Mais dois troféus foram levantados no ano até chegar na última grande conquista antes do trágico acidente.

No começo de 2020, a mousesports consagrou-se campeã da IEM IV, disputado em Cologne — considerada a Catedral do Counter-Strike. Mesmo sofrendo na fase de grupos, a mousesports mostrou todo o potencial nos playoffs, derrotando a KerchNET e superando a SK Gaming nas semifinais. A decisão, competida contra a Fnatic, foi decidida em três mapas, mas com final feliz para os alemães.

Principais títulos no CS 1.6:

  • Intel Extreme Masters II
  • EPS Germany Season XII
  • IEM III Global Challenge Dubai
  • ESL Pro Series Germany: Season 13
  • GameGune 2009
  • IEM IV European Championship Finals

Em julho, cyx acabou falecendo em acidente de carro quando estava a caminho de casa após perder o vôo que o levaria para um campeonato. Um desastre que marcou um ponto final naquele time, que ainda angariou bons resultados na Alemanha. O jogador chegou a sair por um período da organização, onde atuou pela ESC Gaming, mas logo voltou para a mousesports no segundo semestre de 2011.

NÃO TÃO BRILHANTE NO CS:GO

Com a chegada do CS:GO, os campeonatos iniciaram a migração do CS 1.6 para organizar competições do novo FPS da Valve. As organizações rapidamente também começaram a deixar o CS 1.6 para investir no CS:GO e gob b acompanhou essa mudança com a mousesports.

Continua depois do anúncio

Após um primeiro ano de adaptação, o calendário do CS:GO ganhou forma a partir de 2014. O alemão iniciou pela organização alemã, mas passou um período de três meses na Team ALTERNATE, até retornar à mousesports em 2015, onde ficou por mais um ano na organização.

Gob b ajudou o time a chegar nas grandes competições, como a IEM Cologne e o Major de Cluj⁠-⁠Napoca 2015, mas o melhor resultado foi um vice-campeonato da CEVO Season 8, perdendo para a Virtus.pro na grande final.

gob b no Major de Cluj-Napoca 2015 | Foto: Reprodução/HLTVgob b no Major de Cluj-Napoca 2015 | Foto: Reprodução/HLTV

Posteriormente, o alemão passou duas temporadas pelas NRG, onde acumulou maus resultados, até participar da fundação da BIG e passar a representar a organização em 2017. Foi lá que gob b registrou os melhores momentos da carreira no CS:GO.

O alemão mostrou serviço logo no primeiro ano, somando títulos de menor porte no primeiro semestre de 2017 até levar a organização as semifinais do PGL Major Kraków 2017, perdendo para os brasileiros da Immortals. Um ano depois, a BIG chegou na grande final da IEM Cologne 2018 e ficou com o vice-campeonato ao perder para a NAVI.

APOSENTADORIA, VALORANT E VOLTA PARA CASA

Com o gim de 2018, gob b e a BIG não conseguiram apresentar bons desempenhos e resultados no primeiro semestre de 2019. Durante o player break daquele ano, o alemão anunciou a aposentadoria como jogador profissional, passando a atuar como gerente e por vezes na função de treinador da organização.

Gob b em ação pela BIG | Foto: Reprodução/HLTVGob b em ação pela BIG | Foto: Reprodução/HLTV

O mouse e o teclado não ficaram pendurados nem por um ano, porque o VALORANT foi lançado e chamou a atenção de gob b. O alemão revelou que gostou bastante do jogo e decidiu voltar a competir profissionalmente, mas dessa vez no VALORANT.

O jogador formou a equipe da BIG no FPS da Riot Games e desde então buscou marcar o nome no jogo. Contudo, a lenda da organização alemã foi convidada a voltar para casa (Counter-Strike) e ser o treinador principal da escalação, em maio. Desde então, o ex-jogador tem ajudado a equipe na busca pelo topo do cenário internacional.