DRAFT5

Os melhores no Brasil em 2020: (16) – dav1d

Jogador de 20 anos colecionou nove EVPs durante a temporada, garantindo a décima sexta colocação na listagem

Os melhores no Brasil em 2020: (16) – dav1dFoto por: Arte/DRAFT5
Nascido na comuna de Rancagua, da província de Cachapoal, localizada na Região de O'Higgins, no Chile, David "dav1d" Tapia dividiu sua infância fazendo três coisas: jogando futebol, estudando e, é claro, jogando Counter-Strike 1.6. Influenciado pelos primos quando tinha 11 anos, o chileno ganhou um computador dos pais para poder jogar o FPS que se tornaria sua profissão no futuro.

Seguiu jogando CS 1.6 até seus 15 anos, quando seus amigos começaram a jogar o Counter-Strike: Global Offensive e dav1d se viu obrigado a migrar para continuar ao lado deles. Ficou jogando MM por dois anos, até que um amigo lhe apresentou a Gamers Club, onde começou a jogar as vezes, porque seus companheiros seguiam nos servidores oficiais da Valve.

Porém, o jovem dav1d não queria apenas jogar MM, mas sim disputar algo mais sério. Então, ele acabou ficando "aborrecido" com os amigos e começou a jogar Ranked Pro sozinho na GC. Lá, virou Lenda e foi quando chegou o convite de Lucas "Chuky" Dalesio que mudaria totalmente sua vida.

A ENTRADA NO COMPETITIVO


A proposta era simples: entrar na Agressive, organização argentina. Lá, já estavam Nicolás "NIKKO" Rodríguez, Francisco "rushardo" Massaro, Genaro "restik" Hokama, além do próprio Chuky. Com duas semanas de equipe, eles disputaram a Musimundo Gaming Week 2019 - Copa Samsung, que dava vaga ao presencial na Argentina. Na partida decisiva, derrotaram sem problemas a equipe da Intic Esports e foram à LAN.

O torneio teve apenas duas fases: semifinal e final. Logo na primeira etapa, eles tinham uma difícil missão, pois a Malvinas era a adversária. Apesar de vencer o primeiro mapa, Mirage, por 16 x 10, sofreram a virada e perderam por 16 x 4 e 16 x 5 na Overpass e Nuke, respectivamente.

alt Dav1d junto da equipe da Agressive Gaming. Foto: Divulgação/Agressive Gaming


A segunda competição que disputou foi o classificatório do cono sur para o Logitech G Challenge 2019. Entretanto, acabou derrotado pela Furious, mas ganharia uma nova chance, já que a equipe argentina inscreveu Eduardo "laser" Chshekin quando ainda era menor de idade e acabou desclassificada. No rematch, entretanto, conseguiram vencer a Force of Modem, mas perderam diante da 9z e acabaram ficando de fora do torneio presencial.

Após vencer o classificatório argentino, a equipe foi disputar a Aorus League 2019 - Southern Cone - Season 3. Na fase de grupos, eles fizeram a estreia diante da 9z e acabaram derrotados por 16 x 10. O mesmo placar se repetiria na partida eliminatória, mas a favor da Agressive. La violeta era o adversário no confronto decisivo e a "vingança" aconteceu. Vitória apertada por dois mapas a um e vaga nos playoffs garantida.

Na semifinal, houve um reencontro com a Malvinas e o raio caiu novamente no mesmo lugar. Vitória da Agressive na Mirage, mas virada dos adversários e eliminação no campeonato.

Na Liga Dell de Novembro e Dezembro, foram eliminados por Rufus e Santos, respectivamente. Tentaram dar a volta por cima na Aorus League 2019 - Southern Cone - Season 4, ao vencer a Rejected, mas caíram diante da DELIRAWOWZkSTYLEFPS, de Bruno "brnwowzk1" Miranda, nas finais do evento.

MUDANÇAS DE CASA EM 2020


O ano de 2020 chegou e dav1d recebeu uma proposta muito boa: ser testado como jogador da Team One. O anúncio aconteceu no dia 6 de janeiro, com ele sendo inscrito pela equipe para disputar a seletiva da WESG. Entretanto, apenas três dias depois, um novo comunicado ocorreu e o chileno não havia se adaptado com os Golden Boys. Ele, inclusive, prefere não tocar neste assunto.

Voltando à Argentina, foi disputar a Liga Dell do mês de janeiro não perdeu para ninguém. Foi vitória contra a Fake Dos Pro, AK do Flamengo e Neverest eSports na decisão da competição por dois mapas a um.

Poucos dias após o título, ocorreu uma surpresa. A line que defendia a Agressive deixou a organização e acertou com a Rysix e logo de cara tinha o classificatório fechado da Flashpoint para disputar. Começou na derrota diante da RED Canids e recuperação contra a Neverest. Eliminando também Team Reapers e Alma Gaming, a equipe chegou até a quarta rodada da lower bracket, onde acabou perdendo contra a DETONA.

Tinham ainda que defender o título na competição hosteada pela Gamers Club, mas acabaram sendo eliminados pela Neverest na semifinal lower. No mês seguinte, mais uma vez acabaram eliminados da Liga Dell, desta vez em derrota para GAN$O$. Foram convidados para disputar a Redragon Challenge e até estrearam com vitória diante da Vivo Keyd, mas as derrotas para BOOM e DETONA culminaram em nova eliminação.

Na La Liga Pro, ficou na terceira colocação na fase de grupo, classificando diretamente às quartas de finais. Entretanto, abriram mão do jogo para continuar no closed da GC Masters.

Chegaram na final da Liga Dell de Junho, onde acabaram derrotados pela 9z, amargando a segunda colocação, mesma posição que alcançaram na AORUS League 2020 #2 - Finals, após derrota para Redemption. Disputaram o closed qualifier da Gamers Club Masters e começaram com vitória diante da Neverest. Foram derrotados pela Asterius e caíram para a lower.

Depois, venceram SWS e DETONA, até chegar na final lower, quando acabaram derrotados novamente pela Asterius e deram adeus ao sonho da disputa do Major Brasileiro. Depois ainda tinha o Relegation do CLUTCH que, com duas vitórias tranquilas diante de Neverest e SWS, garantiram sua vaga.

No entanto, a alegria de disputar a competição durou muito pouco, já que das nove partidas que disputaram, venceram apenas uma, ficando na última colocação da fase de grupo. Assim, disputaram a permanência e não conseguiram se manter na elite nacional. Este seria o último torneio de dav1d pela organização, já que acabou dispensado junto de seus companheiros no dia 25 de outubro.

Apenas um dia se passou e ele foi anunciado como mais novo reforço da RED Canids. Entretanto, sem competições para disputar, ficou dois meses se preparando para disputar o torneio mais importante do Brasil, a Gamers Club Masters VI. Entretanto, a matilha não teve sucesso na competição e acabou deixando o torneio ainda na fase de grupos.

O 16° MELHOR NO BRASIL EM 2020


alt Arte/DRAFT5


Apesar de ter apenas um título ao longo de todo o ano, dav1d se destacou por seus números individuais. Foi EVP da Liga Dell de Fevereiro, tendo 1.24 de KDR no campeonato e 89.1 de ADR. No mês seguinte, voltou a aparecer na lista dos melhores jogadores, dessa vez com EVP1, já que teve KDR de 1.15 e 108 de ADR, além de ter incríveis 58% de taxa de HS.

Na Aorus League #2 o jogador também teve destaque individual, assim como na La Liga Pro Sur: Apertura, além disso teve novo destaque na Liga Dell de junho, sendo EVP novamente.

Números interessantes ele também conseguiu nos classificatórios da GC Masters V e da Flashpoint, além do Relegation do CLUTCH. Na Gamers Club Masters VI, mais uma vez esteve entre os melhores jogadores, com 1.31 de rating. Todos estes feitos lhe renderam exatos 31,6 D5 Points, algo que o ajudou a ficar na décima sexta colocação. David teve destaque absoluto no tier 2 brasileiro, tendo uma lista seleta de conquistas, ficando assim consideravelmente na frente dos jogadores que já apareceram na listagem, porém, o peso da maioria dos torneios que disputou impossibilitou que chegasse a uma posição mais alta.

alt Arte/DRAFT5


David faz sua aposta para quem aparecerá no top 20 deste ano. Segundo ele, Santino "try" Rigal será a surpresa da lista, já que fez um ano excelente junto da 9z.
Gamers Club
Faça parte da maior comunidade de CS:GO da América Latina. Na Gamers Club você pode jogar campeonatos, aprender com jogadores profissionais e iniciar sua carreira no cenário competitivo. E ainda pode jogar com seus amigos apenas por diversão. Venha viver o game.
Conheça a Gamers Club

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Saiba Mais Sobre

Notícias Relacionadas