Notícias, horários e resultados do IEM Rio Major 2022 em nosso hub exclusivo
Clique aqui

Oferta de salário não agradou jogadores do MIBR; LUCAS1 disse que organização não ofereceu moradia e ajuda de custo

LUCAS1 falou publicamente que organização não quis dar moradia e ajuda de custo para jogadores fora do país

por Filipe Carbone / 06 de Jan de 2021 - 15:25 / Capa: Igor Bezborodov/StarLadder
O grupo formado para representar o MIBR nos últimos meses na cena competitiva agradou à torcida e deu esperanças de uma nova temporada próspera para o time brasileiro. No entanto, alguns dias depois do início do novo ano, os fãs mais eufóricos com uma apresentação de Vito "kNgV-" Giuseppe e companhia tiveram tristes notícias sobre o destino do time. No dia seguinte de Raphael "cogu" Camargo, Vinicius "v$m" Moreira e  Lucas "LUCAS1" Teles se despedirem da organização nas redes sociais, o portal ge trouxe novas informações nesta quarta-feira (6) sobre o imbróglio envolvendo os jogadores e os responsáveis pela negociação contratual para a permanência do grupo na temporada. Apenas alguns minutos depois da publicação feita pelo site, o MIBR se despediu dos três citados acima, além de Leonardo "leo_drk" Oliveira. No comunicado, a organização agradeceu o quarteto pela doação durante o período em que vestiram a camisa da tag e revelou que está em busca de um novo treinador "que será responsável pela reestruturação da equipe". "Ficamos muito orgulhosos com o que vocês mostraram no final da temporada e o sentimento que carregaram por nossa tag. Gostaríamos de continuar juntos, demos o nosso melhor, mas infelizmente ainda não será dessa vez", disse por meio da publicação.   Reiterando o que LUCAS1 já havia dito nas redes sociais, o site trouxe que a proposta feita aos players não agradou ao grupo, emperrando a negociação. Responsável pelo comando do time, cogu teria recebido uma proposta de US$10 mil (R$52 mil) para permanecer como treinador. O acordo ainda proporcionaria a chance de aumentar caso metas fossem cumpridas. Apesar do valor não ter sido revelado com exatidão, v$m, leo_drk e LUCAS1 teriam recebido propostas parecidas para permanecer no MIBR. Dificultando ainda mais a extensão do vínculo contratual entre as partes, cogu teria colocado como "condição" a continuidade do trio para que ele seguisse com os trabalhos na organização. Uma das principais peças do MIBR no curto projeto de reformulação, leo_drk é o que possuía a situação contratual mais delicada. De acordo com o ge, a Sharks bateu o pé e não aceitou vender o jogador para o time brasileiro. Em resposta ao portal, a organização portuguesa reiterou que o MIBR não fez nenhuma proposta oficial pelo jogador.   Indo ao encontro do que foi noticiado pelo ge, LUCAS1 publicou nas redes sociais que "a conta não está batendo". De acordo com ele, a organização não quis "oferecer moradia e ajuda de custo" para todos os jogadores que defenderiam o time fora do país: "É triste ter que expor isso", completou. Em busca do novo treinador para reestruturar da equipe, eles apontaram que voltarão "a assumir os compromissos em fevereiro". O torneio em questão é a BLAST Premier Spring 2021, onde a organização está confirmada na fase de grupos do evento. Até lá, terão que remontar o novo grupo ao lado de kNgV- e trk.
Continua depois do anúncio