DRAFT5

Murilo RT revela que venceu processo contra jogador que chamou de cheater

YouTuber disse que ação era no valor de R$ 35 mil

por Gabriel Melo / 18 de Dez de 2021 - 18:30 / Capa:

Um dos principais YouTubers de Counter-Strikes do Brasil, Murilo "MuriloRT" revelou na terça-feira (14) que venceu um processo movido por um jogador que o influenciador chamou de cheater. A ação, conforme informou, era no valor de R$ 35 mil reais.

"Hoje um vídeo para falar a respeito de um processo que eu recebi. Não é o único, mas esse aqui saiu decisão favorável a mim. Como já saiu a decisão, assim como acontecer com os outros, eu perdendo ou ganhando, vou trazer para o canal para informar a vocês", disse Murilo.

Segundo o YouTuber, o processo é referente a um vídeo que publicou em maio deste ano: "Basicamente alguém cheatando com ele ou ele estava cheatando, e eu deixei isso bem claro no vídeo. Dava para perceber, claramente, que estava de wallhack. O amigo desse cara, no outro dia, na live dele, confessou que era realmente cheater, que não tava nem aí. Eu baixei esse clipe". Contudo, Murilo revelou que perdeu o tal clipe por ter formatado o computador.

Murilo revelou que o valor pedido pelo tal jogador foi de R$ 35 mil "por uso indevido da imagem dele". O YouTuber garantiu que processará o jogador de volta: "Esse cara foi um tremendo mau-caráter. Ele modificou monte de cosia no processo para induzir o juiz ao erro".

Continua depois do anúncio

O YouTuber disse ainda que o tal jogador "agiu tão de má-fé, que ele mandou um e-mail, no mesmo dia, pedindo que eu mandasse um pix de R$ 5 mil, que eu deletasse o vídeo e que eu me retratasse". Murilo contou que, "antes mesmo de ver a notificação extrajudicial, eu privei o vídeo e borrei o rosto dele antes de privar".

Murilo deixou claro que não tem o intuito de "prejudicar ninguém. Se o cara não gostou, mesmo sendo cheatado ou não, eu apago".

"Eu poderia ter me f### para um cara sem noção e que só queria tirar proveito da situação. Imagina o quanto é difícil para o juiz entender isso. Eu poderia ter me ferrado dependendo do juiz. Ainda bem que esse interpretou muito bem e conseguiu entender a situação", finalizou.