DRAFT5

KRIMZ abraça ideia de internacionalização e rasga elogios a ALEX: "Um líder nato"

Atleta de 27 anos vai vivendo sua primeira experiência internacional junto da fnatic

por Lucas Benvegnú / 08 de set de 2021 - 20:00 / Capa: Bart Oerbekke/ESL

Freddy "KRIMZ" Johansson vai passando por um momento completamente novo em sua vitoriosa carreira. Após passar toda a sua carreira representando equipes inteiramente suecas, o atleta vive o desafio da internacionalização junto da remontada fnatic.

O projeto, definido por Patrik "cArn" Sättermon, CGO da organização britânica, como uma ideia que dará resultados "a longo prazo", contudo, vai se provando bastante eficiente apesar do pouco tempo de time, com a equipe voltando aos holofotes com a classificação aos playoffs da ESL Pro League S14.

"(A internacionalização) é um pouco estranha no começo, mas você se acostuma", aponta KRIMZ. "É legal mudar toda aquela história sueca e jogar com jogadores de outros países. É algo importante para que sejamos um time melhor, sem termos apenas aquele velho estilo sueco de Counter-Strike de correr e atirar", destacou o multicampeão.

Dos altos e baixos da fnatic nos últimos sete anos, KRIMZ viveu praticamente todos | Foto: Bart Oerbekke/ESLDos altos e baixos da fnatic nos últimos sete anos, KRIMZ viveu praticamente todos | Foto: Bart Oerbekke/ESL
Continua depois do anúncio

O atleta de 27 anos, inclusive, não poupou elogios a Alex "ALEX" McMeekin, capitão da fnatic nesta etapa de reestruturação, afirmando que o In-Game Leader britânico possui uma visão de jogo mais complexa, mas que ainda assim não limita o individual dos jogadores.

"Eu acredito que o ALEX tenha uma abordagem mais estruturada do que nosso antigo capitão", ponderou. "Ainda temos liberdade, mas sinto que os rounds são mais estruturados. Ele é um líder nato", ressaltou o sueco. "Na maior parte dos mapas, eu tenho puxado a segunda AWP, mas no geral, faço o que eu quiser", finalizou.