DRAFT5

JW encerra ciclo junto à fnatic após quase cinco anos

Equipe toma rumos da internacionalização e sueco não descarta migrar ao VALORANT

por Lucas Benvegnú / 20 de jul de 2021 - 10:22 / Capa: Adela Sznajder/DreamHack

A reestruturação prometida pela fnatic há pouco tempo atrás parece ter alcançado níveis extremos. Exatas duas semanas após optar pela saída do capitão Maikil "⁠Golden⁠" Kunda Selim de sua escalação titular, a organização britânica revelou por meio de suas redes sociais que Jesper "JW" Wecksell é mais um de saída da equipe sueca.

Agora no banco da organização, o atleta de 26 anos põe fim à sua segunda passagem sob o banner da fnatic após quase cinco anos de casa. Anteriormente, o AWPer - um dos melhores da história no auge de sua carreira - havia representado a lendária tag entre os anos de 2013 e 2016, angariando uma infinidade de troféus, incluindo três Majors, durante tal período.

Apesar de ter vestido a camiseta da GODSENT por quatro breves meses entre o fim de 2016 e o início de 2017, JW sempre soube que a fnatic foi sua verdadeira casa, voltando pouco tempo depois para vivenciar mais algumas glórias com a camiseta preta e laranja.

Apesar dos lapsos apresentados pela equipe entre os anos de 2017 e 2019, JW e companhia tiveram uma queda vertiginosa desde o início da era online, deixando de figurar entre o pelotão de elite do Counter-Strike mundial. O pífio primeiro semestre de 2021 da equipe parece ter sido o estopim para as profundas mudanças no elenco.

O fim de uma era: JW está fora da fnatic | Foto: Helena Kristiansson/ESLO fim de uma era: JW está fora da fnatic | Foto: Helena Kristiansson/ESL

Até o momento, a única certeza é a de que a fnatic apostará nos rumos da internacionalização para sua divisão de CS:GO. A organização britânica, inclusive, já teria um forte candidato para o posto de sniper de sua formação: Miłosz "mhL" Knasiak, prodígio polonês de apenas 19 anos que atualmente se encontra no banco da AGO.

Por ora, a permanência dos três remanescentes, Ludvig "⁠Brollan⁠" Brolin, que recentemente renovou com a organização até o fim de 2024, Freddy "⁠KRIMZ⁠" Johansson, veterano de casa, e Jack "⁠Jackinho⁠" Ström, contratado pela fnatic no início do ano, ainda é incerta.

Continua depois do anúncio

Por sua vez, JW, dono de três títulos de Major e outros vinte no mais alto escalão do Counter-Strike mundial, agora espera pelos próximos desafios de sua carreira, "seja no CS, no VALORANT, ou nos esports em geral", como ele mesmo disse em comunicado.

Sem ter anunciado nenhuma adição à sua divisão de CS:GO até então, a fnatic vê-se reduzida a:

 Ludvig "⁠Brollan⁠" Brolin
 Jack "⁠Jackinho⁠" Ström Mattsson
 Freddy "⁠KRIMZ⁠" Johansson

 Andreas "⁠Samuelsson⁠" Samuelsson (Coach)

 Jesper "⁠JW⁠" Wecksell (Inativo)
 Maikil "⁠Golden⁠" Kunda Selim (Inativo)