INTZ.Academy vence ex-Wild e conquista etapa de Janeiro da Liga Pro Gamers Club

INTZ supreende e conquista a primeira Liga Pro de 2019

por Lucas Benvegnú / 20 de Jan de 2019 - 20:51 / Capa: Gamers Club
A INTZ.Academy é a grande campeã da etapa de janeiro da Dell Gaming Liga Pro Gamers Club. Na grande final, a equipe intrépida derrotou a ex-Team Wild por dois mapas a um. Com a conquista, a INTZ assegurou 60 pontos na classificação semestral da Liga Pro, enquanto a ex-Wild garantiu 40 pontos. Essa é a terceira vez na história que uma equipe vinda da Liga Principal conquista a Liga Pro no mês seguinte. Antes da INTZ, Black Dragons e DETONA haviam alcançado o feito.

 INTZ.Academy 2 vs. 1 ex-Team Wild 

INTZ.Academy 16 vs. 11 ex-Team Wild - Cache Começando do lado CT, a INTZ.Academy conseguiu se sair melhor ao segurar o avanço da ex-Wild para o bombsite A, levando o pistol. Sem maiores dificuldades, a equipe confirmou também o anti-eco. No armado, nem a vantagem bélica da ex-Wild foi capaz de frear a INTZ, que anotou o três a zero no placar após Victor "kenshex" Gomes garantir três abates.

A ex-Wild só conseguiu garantir seu primeiro ponto em um novo armado, anotando o quatro a um no placar. Na sequência, a equipe emplacou mais dois pontos antes de ser novamente freada pela INTZ, que impediu o empate. Mostrando qualidade no trabalho em equipe e agressivando quando necessário, a INTZ logo garantiu a vitória na primeira metade, chegando ao placar de oito a três. Ao final da primeira metade, a ex-Wild ainda conseguiu anotar mais dois pontos no placar, revertendo uma situação de 5v3 no último round. Com isso, a INTZ fechou o primeiro half na frente, com o placar de 10 a 5.

No pistol round da segunda metade, a INTZ novamente se saiu melhor após avanço rumo ao bombsite B. Sem qualquer dificuldade, a equipe confirmou também o anti-eco, chegando ao 12 a 5. No armado, apesar de duas belas balas de kenshex, a ex-Wild voltou a pontuar, mas logo na sequência, a INTZ chegou ao seu décimo terceiro ponto, quebrando a economia adversária.

Com a economia adversária extremamente fragilizada, a INTZ  chegou ao placar de quinze a seis. A ex-Wild até segurou a equipe adversária nas seis primeiras oportunidades, contando inclusive com um belíssimo 1v3 de Rodrigo "biguzera" Bittencourt e mostrando um excelente trabalho de retake, mas logo, a INTZ fechou o primeiro mapa da série em 16 a 11.

INTZ.Academy 8 vs. 16 ex-Team Wild - Dust2 Começando do lado CT, a ex-Wild segurou o avanço da INTZ rumo ao bombsite B, marcando seu primeiro ponto. Sem dificuldades, a equipe garantiu também o anti-eco. No armado, a vantagem bélica da INTZ não foi suficiente para derrubar a defesa da ex-Wild, que anotou o três a zero no placar. Mostrando uma incrível solidez defensiva e com Paulo "land1n" Felipe inspirado, a ex-Wild conseguiu alcançar a vitória na primeira metade com o sonoro placar de oito a zero.

Em um avanço rumo ao bombsite B, a INTZ finalmente garantiu seu primeiro ponto, mas no round seguinte, a ex-Wild voltou a pontuar, quebrando completamente a economia intrépida. Antes do final da primeira metade, a INTZ até pontuou novamente, mesmo assim, a ex-Wild fechou a primeira metade em 13 a 2, mostrando um lado CT praticamente impecável. No pistol da segunda metade, a ex-Wild novamente se saiu melhor, chegando ao seu décimo quarto ponto. No forçado, a INTZ devolveu o ponto, emplacando mais um logo na sequência, contando com quatro belos abates de kenshex.

Retornando aos armados, a ex-Wild voltou a pontuar, anotando seu décimo quinto ponto. Mesmo forçada, a INTZ conseguiu segurar o primeiro matchpoint e, na sequência, marcando mais dois pontos, a equipe intrépida alcançou o 15 a 8. Mesmo assim, a ex-Wild logo conseguiu fechar o mapa em 16 a 8, após um excelente trabalho de granadas, vendendo um fake para o bombsite B. INTZ.Academy 16 vs. 7 ex-Team Wild - Overpass Começando do lado CT, a INTZ levou o pistol graças a três eliminações de Daniel "danoco" Morgado, que marotou no tóxico para garantir o round. No anti-eco, mesmo com certa dificuldade, a INTZ conseguiu assegurar o segundo ponto.

No primeiro armado, mesmo com a vantagem no armamento, a ex-Wild não conseguiu quebrar a defesa adversária, o que possibilitou a INTZ a alcançar o três a zero no placar. No round seguinte, mesmo forçada, a ex-Wild se saiu melhor após um avanço rápido pela rua, marcando seu primeiro ponto. Após mais um ponto da ex-Wild, a INTZ anotou o quarto ponto no placar após postar bem sua defesa no bombsite B e contar com quatro eliminações de Ramon "RMN" Toledo.

A ex-Wild só voltou a pontuar novamente em mais um round apenas de pistolas, anotando o sete a três no placar. Na sequência, a INTZ contou com o relógio para garantir o round e resetar a economia adversária.

Após um round econômica, a ex-Wild voltou a pontuar, mas no último round da primeira metade, a INTZ mostrou um belo trabalho de retake, fechando a metade em 10 a 5. No pistol do segundo half, melhor para a INTZ, que levou o round após avanço para o bombsite A. No anti-eco, a equipe intrépida anotou o doze a cinco no placar. Logo na sequência, a INTZ emplacou mais dois pontos, até ser freada pela defesa da ex-Wild, que conseguiu chegar ao seu sétimo ponto, anotando o catorze a sete no placar. A INTZ chegou ao seu décimo quinto ponto após apostar em um avanço para o bombsite B, confiando mais na mira do que no trabalho de granadas.

Com a ex-Wild forçada, a equipe de base da INTZ não teve dificuldades para fechar o mapa em 16 a 8 e conquistar a etapa de janeiro da Dell Gaming Liga Pro Gamers Club.

Continua depois do anúncio