Heroic registra déficit de $1.35 milhão, mas garante: "Estamos investindo no CS:GO mais do que nunca"

Heroic Group demitiu seis funcionários recentemente

por Bruno Dal Ava / 23 de Nov de 2022 - 11:00 / Capa: Lucas Spricigo/DRAFT5

Grande finalista do IEM Rio Major 2022, embolsando $170 mil para os cofres após a derrota para a Outsiders, os esforços da divisão de Counter-Strike da Heroic não foram suficientes, e a organização finalizou o ano de 2022 em prejuízo financeiro, registrado em $1.35 milhão no seu relatório anual.

No final de outubro, o Heroic Group teve que despedir alguns funcionários da organização. "Infelizmente, tivemos que demitir seis funcionários. Como muitas outras empresas, estamos enfrentando um mercado mais difícil".

Mesmo com os problemas no caixa da organização, Oliver Valsgaard, Diretor de Operações de esports da Heroic, em entrevista concedida para a Dust2.DK, garantiu que os problemas não prejudicarão em nada a divisão de Counter-Strike. "Como você provavelmente já percebeu, estamos investindo mais no CS:GO do que nunca".

 "Contratamos Lasse Svan para ser o treinador de desempenho, promovemos Kasper Straube para chefe de desempenho, além de contratarmos sheddaN como assistente técnico e efetivar novos contratos de longo prazo para nossos jogadores", concluiu Oliver.

Continua depois do anúncio

Com o respaldo da diretoria, a equipe de CS:GO da Heroic volta aos servidores na próxima quarta-feira (23), contra a Ninjas in Pyjamas, na sua estreia pela BLAST Premier Fall Final.