Há sete anos, Happy encantava o mundo com um inesquecível ACE de Deagle

De quinze segundos para a eternidade, o francês protagonizou a jogada da década

por Lucas Benvegnú / 20 de Set de 2022 - 17:00 / Capa: Adela Sznajder/DreamHack

Foi neste mesmo dia 20 de setembro, mas no longínquo ano de 2015, que Vincent "Happy" Cervoni Schopenhauer protagonizou um dos mais insólitos e memoráveis lances da história do Counter-Strike: Global Offensive.

Então capitão e estrela da EnVyUs, uma das principais equipes do planeta àquela altura, o francês deixou o público de queixo caído com um incrível ACE na final da DreamHack Open London 2015, que entraria para a história.

Após ter vencido o primeiro mapa da finalíssima, Dust2, por 16 a 13, EnVyUs e Team SoloMid iam vivenciando uma Inferno tão pegada quanto. O placar assinalava 9 a 8 para o lado francês quando o inacreditável tomou forma pelas mãos de Happy.

Munido apenas de uma Desert Eagle, Happy chamou a responsabilidade e simplesmente aniquilou todos os cinco adversários que tentavam furar o bloqueio dos Boys in Blue pelo bombsite B. De quinze segundos para a eternidade.

Tudo ficou ainda mais irresistível com a narração do norte-americano Auguste "Semmler" Massonnat, que foi à loucura com o que acabara de testemunhar. No fim das contas, o lance fez toda a diferença para a EnVyUs, que triunfou por 16 a 13 e ficou com a taça.

Continua depois do anúncio