DRAFT5

Gamers Club passará a validar a identidade dos usuários

Medida visa facilitar decisões relacionadas a punições, como trapaças e toxicidade

por Cristino 'cac0' Melo / 14 de Mar de 2022 - 17:10 / Capa: Florian Olivo/Unsplash

A Gamers Club segue desenvolvendo sua plataforma líder na América Latina. Desta vez, está implementando um sistema para validar a identidade de seus usuários. O projeto acontece em parceria com a idwall através do aplicativo MeuID.

Com o MeuID será possível confirmar todas as informações da conta de um jogador e verificar a autenticidade. Graças a isso, será possível garantir mais transparência nas decisões relacionadas à punição. Entre elas estão: toxicidade, uso de cheaters e demais desvios. Outro benefício que a validação de identidade pode trazer é a prevenção contra smurfs e o roubo de contas.

"Esta parceria é um marco imenso para a comunidade dos games. Muitas pessoas têm experiências negativas em seus momentos de lazer por serem atacadas por um grupo de pessoas que se escondem atrás de perfis na internet, mas que não possuem o mesmo comportamento na vida real devido às consequências que atitudes negativas podem trazer. Queremos sempre construir uma comunidade mais segura para todos e acreditamos que este é mais um grande passo", disse Yuri "Fly" Uchiyama, CEO da Gamers Club, ao ge.

Lincoln Ando, CEO da idwall, também comentou sobre a parceria. Segundo o empresário, a aplicação do sistema será um marco para a comunidade gamer no Brasil.

Continua depois do anúncio

"Através desta parceria, com a validação digital dos usuários na plataforma da Gamers Club, iniciamos um novo marco para a comunidade gamer no Brasil, que vai mudar a maneira como as pessoas se relacionam nos jogos", comentou.

"Essa é a primeira vez que uma tecnologia como essa é usada em uma plataforma de jogos online e ela chega para abrir espaço para que mais pessoas possam jogar, além de melhorar a experiência para quem já faz parte desse meio e ajudar a construir uma comunidade mais segura e confiável para todos", completou.

O sistema começará a ser implementado nas próximas semanas. Ele começará de forma beta para apenas alguns usuários. Caso os testes sejam bem-sucedidos, todos os usuários terão que adotar o mesmo sistema.