DRAFT5

FURIA é derrotada pela Vitality e fica com o vice da ECS S7 Finals

Com a conquista do título, franceses levaram para casa $225 mil

por Lucas Benvegnú / 09 de jun de 2019 - 14:30 / Capa: HLTV.org
A FURIA não conseguiu superar a Vitality e acabou ficando com o vice-campeonato das finais globais da ECS S7 Finals. Na tarde deste domingo (9), os brasileiros foram derrotados pela composição francesa por dois mapas a zero na grande final do torneio sediado na SSE Wembley Arena, em Londres, no Reino Unido.

Com o vice-campeonato, os capitaneados por Andrei "arT" Piovezan levaram para casa $100 mil, enquanto os franceses ficaram com $225 mil.

A outra representante brasileira no torneio, a MIBR, caiu ainda na fase de grupos, ficando com $12.500.

FURIA 0 vs. 2 Vitality


FURIA 9 vs. 16 Vitality - Inferno

Começando do lado TR, a FURIA precisou de Kaike "KSCERATO" Cerato para garantir um incrível clutch 1v4 e, consequentemente, o pistol round. Apesar dos danos econômicos sofridos, os brasileiros confirmaram também o anti-forçado e o anti-eco, abrindo o três a zero no placar.


No armado, a Vitality conseguiu frustrar o avanço brasileiro pelo bombsite A, pontuando pela primeira vez. Apostando em setups de defesa mais passivos, os franceses conseguiram virar a partida para cinco a três.

Após mais dois pontos da Vitality, as equipes trocaram pontos, com os franceses alcançando a vitória na primeira metade por oito a quatro. Mesmo assim, quem continuou pontuando foi a FURIA, que ao final da metade, deixou os franceses com a vantagem mínima do 8 a 7 no placar.


No pistol do segundo half, a Vitality não teve dificuldades para levar o round em avanço pelo bombsite A. Sem dificuldades, os franceses levaram também o anti-forçado e o anti-eco. No armado, a vantagem bélica da FURIA não foi suficiente para frear o avanço da Vitality pela A, com os franceses chegando ao doze a sete no marcador.

Após mais um ponto dos franceses, a FURIA conseguiu garantir seu primeiro ponto do lado CT graças ao domínio da banana. No round seguinte, os brasileiros novamente precisaram de KSCERATO para assegurarem o redomínio da B e pontuarem pela nona vez.


Mesmo assim, a Vitality não se intimidou, voltando a pontuar logo na sequência e arruinando a economia da FURIA. Com a vantagem bélica, os franceses não tiveram maiores complicações para fecharem o primeiro mapa do confronto logo na primeira oportunidade, anotando o 16 a 9 no placar.

FURIA 4 vs. 16 Vitality - Overpass

Começando do lado CT, a Vitality conseguiu segurar o ímpeto dos brasileiros em avanço pela B, levando o pistol. Sem dificuldades, os franceses levaram também o anti-eco. No armado, os capitaneados por Nathan "NBK" Schmitt apostaram no domínio de mapa para obterem êxito na defesa, abrindo o três a zero no marcador.

Dominando a economia adversária, a Vitality conseguiu chegar ao seis a zero no placar antes da FURIA pontuar pela primeira vez. Os brasileiros até pontuaram em mais uma ocasião antes da Vitality retomar o controle da partida e logo, garantir a vitória no half com o placar de oito a dois.

Ao final da metade, a Vitality confirmou sua superioridade defensiva, com destaque para Mathieu "ZywOo" Herbaut, que derrubou três para fechar o half com um sonoro 12 a 3 no placar a favor dos franceses.


No pistol da segunda metade, KSCERATO quase garantiu outro 1v4, mas foi frustrado por Cédric "RpK" Guipouy, que garantiu o round para os franceses. Com a vantagem bélica e econômica, a Vitality conseguiu chegar ao matchpoint com o quinze a três no placar.


A FURIA resistiu ao primeiro matchpoint, mas logo no round seguinte acabou sucumbindo ao avanço francês pela B, com a Vitality fechando o mapa em 16 a 4 e sagrando-se campeã da ECS S7 Finals.
Continua depois do anúncio