DRAFT5

ESL faz mudanças e Sharks fica fora da temporada da Pro League

Torneio terá grupos continentais durante a temporada

ESL faz mudanças e Sharks fica fora da temporada da Pro LeagueFoto por: ESL
Após informar que a décima primeira temporada da Pro League seria totalmente online por conta da pandemia do coronavírus, a ESL voltou a fazer alterações no formato de disputa da competição. A Sharks estava na Europa pronta para disputar o torneio, mas a organizadora do evento e a organização acharam melhor manter os atletas em casa e eles não irão participar. Entretanto, eles não estão desclassificados e estarão na próxima temporada.

Outra equipe que enfrenta algo parecido é a Renegades. Os australianos não se sentiram confortáveis em viajar e serão substituídos pela Swole Patrol. Assim como os brasileiros, eles não foram desclassificados. A Heroic, por sua vez, não registrou uma composição a tempo e acabou sendo substituída pela BIG.

Além disso, a mudança mais importante feita pela ESL foi a alteração dos grupos. Para evitar viagens, eles colocaram as equipes que estão em solo norte-americano no grupo C, enquanto o resto das equipes que estão na Europa jogarão nos grupos A, B e D.

Abaixo, os novos grupos do torneio:



Grupo A
BOOM*
Astralis
Vitality
NiP
ENCE
GODSENT


Grupo B
North
Natus Vincere
Fnatic
compLexity
BIG
forZe




Grupo C
FURIA
Liquid
100 Thieves
Evil Geniuses
Swole Patrol
TBA


Grupo D
FaZe
OG
mousesports
Virtus.pro
G2
TyLoo



*Importante é se dar nota para a BOOM, que já havia viajado visando bootcamp para o torneio e neste momento se encontra na Europa, tendo então que disputar o grupo do continente.

Algumas partidas também sofrerão mudanças em relação aos horários. O grupo C terá seus confrontos realizados nos últimos horários dos dias, para não ter impacto no fuso horário, já que a Europa ainda está com o horário de verão.

A última mudança, mas não menos importante, é que nesta temporada iremos ter o campeão europeu e o norte-americano. Como as finais em Denver não irão acontecer, a ESL decidiu evitar que viagens sejam feitas para termos apenas um vencedor.

No velho continente, as equipes que ficarem em primeiro em seus grupos serão classificadas automaticamente para a segunda fase de grupos, enquanto as segundas e terceiras colocadas jogarão partidas decisivas para buscar as outras três vagas. Assim, teremos mais uma vez um grupo com seis equipes. Quem ficar em primeiro, espera o vencedor do confronto entre o segundo e terceiro na grande final em MD5.

Na América do Norte será diferente. Os dois primeiros colocados disputarão a final UB, enquanto o terceiro e quarto jogarão a final LB. O vencedor da final LB enfrenta o perdedor da final UB para, enfim, chegar na decisão norte-americana, onde o vencedor da final UB estará aguardando para disputar uma partida MD5.

A ESL Pro League S11 começa na próxima segunda-feira (16) e terá uma premiação de $ 400 mil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Saiba Mais Sobre

Notícias Relacionadas