DRAFT5

Com adesivo, mas sem elenco, BOOM dividirá ganhos com ex-jogadores

Portal teve confirmação da direção do clube

por Pedro Umberto  / 29 de jan de 2021 - 11:00 / Capa: Arte/DRAFT5

A Valve lançou na última quarta-feira (27) os adesivos referentes aos times que melhor jogaram nos eventos do circuito RMR. Entretanto, diversos clubes que receberam os stickers não estão mais presentes no cenário do Counter-Strike, como é o caso da BOOM Esports.

Segundo o ge, a organização afirmou que dividirá o valor recebido pela venda dos adesivos com o ex-jogadores, sendo eles João "felps" Vasconcellos, Gustavo "yel" Knittel, Marcelo "chelo" Cespedes, Bruno "shz" Martinelli e Ricardo "boltz" Prass. Além de Alessandro "Apoka" Marcucci, treinador.

Reprodução/TwitterReprodução/Twitter

A venda teve início no dia da atualização, ou seja, quarta-feira. Cada cápsula custa R$5,45 e possui uma classificação específica: Legend, Challenger e Contender.

Continua depois do anúncio

Em suma, a BOOM optou por distribuir o valor para os ex-jogadores que atualmente defendem o MIBR, mas tal ação não é obrigatória. Logo, mesmo sem equipe, a organização pode escolher ficar com o lucro máximo.