DRAFT5

Coldzera se diz "feliz com decisão" e revela motivos por não ter ido para a FURIA

Brasileiro falou sobre processo de liberação com a FaZe Clan, que o deixou ir como free agent

por Filipe Carbone / 10 de set de 2021 - 14:00 / Capa: Reprodução/HLTV

A especulação sobre a possível ida de Marcelo "coldzera" David para a Complexity abalou as estruturas do cenário competitivo nesta semana e culminou com a confirmação do rumor. No meio do caminho, o brasileiro ficou com o futuro totalmente em aberto para ele receber diversos contatos e propostas, como foi o caso com a FURIA.

Momentos após ser confirmado como novo jogador da Complexity, coldzera respondeu a algumas perguntas e mensagens enviadas nas redes sociais onde explicou sobre os motivos de não ter fechado com o time brasileiro. Além de falar sobre o espaço que gostaria de ter no time, ele também valorizou a chance de jogar ao lado de Luis "peacemaker" Tadeu.

"Sempre quis jogar junto com o peacemaker. Acho ele um coach muito inteligente. A FURIA é um excelente time, mas não me vejo tendo o espaço que eu procuro. A decisão de vir para a Complexity não tem a ver com questões burocráticas, e sim pelo espaço de jogo onde vou ter uma liberdade de jogar igual eu tinha", disse.

Continua depois do anúncio

Entretanto, mesmo indo para um time onde poucos apostariam as fichas, coldzera mostra que está satisfeito em tomar a decisão. Liberado pela FaZe Clan para assinar como free agent, ele sabe que poderá trabalhar com calma e voltar "devagar" para o competitivo, do qual ficou afastado por um longo período desde a ida para o banco europeu.

"Eu fui liberado como free agent pela FaZe e agora vou completar para a Complexity durante a recuperação do konfig nos próximos meses. Escolhi voltar bem devagar e ter calma na decisão sobre o meu futuro, que ainda é incerto. Por enquanto, estou feliz com a minha decisão de voltar devagar e ir sem pressa", afirmou coldzera.