DRAFT5

AVANGAR consegue virada incrível, derrota FURIA e é campeã da DreamHack Open Rio 2019

Cazaques saem atrás, mas viram o jogo para sair com o título

por Edmilson Junior / 21 de abr de 2019 - 19:55 / Capa: Lucas Spricigo/Draft5.gg
Neste domingo(21), FURIA e AVANGAR decidiram a DreamHack Open 2019. Após ter domínio amplo no primeiro mapa, os brasileiros não conseguiram evitar a virada adversária.

Com isso, os cazaques garantem $ 50 mil de premiação, enquanto a equipe brasileira sai do Rio com $ 20 mil.

FURIA eSports 1 vs. 2 AVANGAR


FURIA eSports 16x2 AVANGAR - Vertigo

A FURIA conseguiu belo retake para sair na frente. Na sequência, Rinaldo "ableJ" Moda Júnior fez clutch 1vs3 para fazer sua equipe pontuar novamente. Entretanto, a AVANGAR conseguiu vencer o round seguinte, chegando ao seu primeiro ponto na partida.

Mesmo sem ter economias, os brasileiros conseguiram impedir o avanço inimigo, para abrir 3x1 no placar. Em seguida, conseguiram fazer um belo retake no bombsite B anotando mais um tento no marcador. Os cazaques não conseguiam furar a barreira defensiva imposta pela FURIA e via seus adversários ficando cada vez mais distantes.

Os brasileiros pareciam prever todas as ações da AVANGAR e iam tirando proveito disso, abrindo larga vantagem. Kaike "KSCERATO" Cerato fez quatro abates em um round que estava ficando complicado demais para sua equipe, permitindo que eles fechassem o primeiro half em 13x2.

Em avanço rápido para o bombsite B, a FURIA garantiu o segundo pistol round. Aproveitando a vantagem bélica, pontuaram mais duas vezes, fechando o primeiro mapa em 16x2.

FURIA eSports 8x16 AVANGAR - Inferno

A AVANGAR tentou fazer avanço para o bombsite B pela região da banana, mas não conseguiram, pois os brasileiros fizeram bela defesa, vencendo o primeiro pistol. Na sequência, aproveitando que seus adversários estavam sem economias, a FURIA pontuou mais uma vez. No armado, entretanto, com avanço impecável para o bombsite A, os cazaques pontuaram pela primeira vez.

Mais uma vez, a AVANGAR avançou para o bomb A, mas encontraram Andrei "arT" Piovezan que, mesmo estando sem colete, conseguiu três abates e fez com que os brasileiros pontuassem mais uma vez. A equipe cazaque seguia apostando no rush para o mesmo bombsite e, embora estivessem em round econômico, conseguiram castigar a FURIA, pontuando pela segunda vez.

Alexey "qikert" Golubev, fazendo avanço rápido na região da banana, fez três abates, para permitir que sua equipe empatasse o confronto e quebrou a economia dos brasileiros. Com isso, o mesmo fez quatro eliminações e a AVANGAR passou à frente no placar.

Quando restabeleceu sua economia, a FURIA não conseguiu impedir o avanço inimigo para o bombsite B e, embora tenha eliminado todos os seus adversários, ficou sem tempo para fazer o defuse e quem pontuou novamente foi a equipe cazaque.

arT mais uma vez brilhou, garantindo dois abates na região da banana, permitindo que os brasileiros pontuassem novamente. Entretanto,  a primeira metade foi vencida pela AVANGAR por 6x9.

No segundo pistol, os cazaques conseguiram fazer o retake no bombsite B, para pontuar mais uma vez. Entretanto, a FURIA fez mais um avanço para o mesmo bombsite, conseguindo fazer o after plant e voltando a pontuar. Na sequência, qikert trouxe um round que estava praticamente perdido e quem marcou foi a AVANGAR.

Executando belas marcações, os cazaques começaram a dificultar as coisas para a equipe brasileira. Embora tentasse, os brasileiros não conseguiram impedir a vitória da AVANGAR por 8x16 no segundo mapa.

FURIA eSports 16x19 AVANGAR - Train

Começando de CT, a FURIA fez belo retake para sair na frente. O forçado cazaque não foi eficiente e os brasileiros novamente pontuaram. Entretanto, no armado, a AVANGAR fez entrada no bombsite B, mas viu a defesa brasileira bem postada. Ao fazer a rotação conseguiu garantir seu primeiro ponto na partida.

arT, com duas eliminações, e Vinicius "VINI" Figueiredo, que fez o defuse, garantiram mais um ponto para a equipe brasileira. Na sequência, os cazaques tiveram sua entrada para o bombsite A frustrada, vendo seus adversários abrirem 4 a 1 no placar.

Mostrando equilíbrio, a FURIA seguiu se defendendo dos avanços adversários. Logo, a pantera garantiu a vitória na primeira metade ao chegar no oitavo ponto. A AVANGAR conseguiu pontuar novamente após Ali "Jame" Djami marotar e impedir o defuse da C4. Entretanto, Yuurih fez três abates para fechar o primeiro half em 10x5.

No segundo pistol, a AVANGAR contou com Sanjar "SANJI" Kuliev para conseguir fazer o retake e pontuar. No entanto, a equipe brasileira forçou logo na sequência e conseguiu chegar ao décimo primeiro ponto. Os cazaques, porém, conseguiram evitar o rush da FURIA para o bombsite A, anotando seu sétimo tento no placar.

Os brasileiros mais uma vez conseguiram vencer um round forçado, ficando muito perto da vitória. Sem economias, a equipe cazaque nada pode fazer para impedir o avanço inimigo. Quando restabeleceu sua economia, conseguiu fazer um belo retake no bombsite A, para voltar a pontuar. Na sequência, mas uma vez a AVANGAR frustrou a entrada brasileira e começou a voltar para o jogo.

Em dois rounds econômicos, a FURIA viu a situação complicar, pois seus adversários começaram a encostar no placar. Em mais duas belas defesas, a AVANGAR empatou a partida e o nervosismo começou a tomar conta dos jogadores brasileiros.

KSCERATO conseguiu impedir que seus adversários defusassem a C4, para dar esperanças para sua equipe. Isso foi muito importante, já que no último round, eles conseguiram levar para o overtime.

No primeiro round, os cazaques conseguiram fazer o retake para sair na frente. VINI trouxe o round seguinte de volta, fazendo sua equipe pontuar. Na sequência, o avanço brasileiro foi frustrado e os cazaques ficaram com vantagem no fim da primeira metade do overtime.

De TR, a AVANGAR fez o rush para o bombsite A e, embora KSCERATO conseguisse impedir um plant, a equipe cazaque conseguiu pontuar. A FURIA foi valente, mas não conseguiu evitar a vitória dos cazaques por 16x19.
Continua depois do anúncio