DRAFT5

Após adição de smooya, Fnatic não será representada por core sueco pela primeira vez desde 2013

Esta será a primeira vez na história que a organização será representada pela Grã Bretanha

por Filipe Carbone / 17 de out de 2021 - 15:00 / Capa: Reprodução/HLTV

O processo de reformulação na Fnatic teve início em julho deste ano, alguns meses antes da organização sequer saber que falharia na classificatória para o PGL Major Stockholm 2021. No entanto, a decisão tomada na última sexta-feira (15) em contratar Owen "smooya" Butterfield por período de testes fez com que o time deixasse de ter um core sueco e ser representado por maioria britânica.

A Fnatic não contava com um elenco majoriatiamente sueco desde 2013, quando era representada por quatro atletas dinamarqueses. Entre eles, Finn "karrigan" Andersen e Andreas "Xyp9x" Højsleth, presentes até os dias de hoje no cenário profissional de Counter-Strike: Global Offensive. De lá para cá, todas as apresentações do clube aconteceram apenas com a bandeira da Suécia representando a organização.

Além do feito histórico de deixar de ser um time sueco em mais de oito anos, a Fnatic também será representada pela Grã Bretanha pela primeira vez na história. Além do supracitado smooya, o time também conta atualmente com a presença de Alex "ALEX" McMeekin e William "mezii" Merriman. A dupla chegou para tentar colocar o time no prumeo após uma série de maus resultados anteriores.

Continua depois do anúncio